Centro Espírita Bezerra de Menezes   

É inadiável que o homem aprenda a amar!

"A doutrina espírita está na terra para ensinar a humanidade o que é o amor. É preciso, é inadiável, que o homem aprenda a amar. Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a si mesmo, como ensinou Jesus. Esta é uma tarefa de todos nós, espíritas, neste doloroso mundo de provas e expiações."

São palavras pronunciadas com muita emoção pelo confrade Juvanir Borges de Souza, em breve alocução que proferiu na reunião comemorativa do 89º aniversário do Centro Espírita Bezerra de Menezes.


Estavam presentes representantes de várias instituições, inclusive da Federação Espírita Brasileira e da União das Sociedades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro. Na direção, o confrade Christodolino da Silva, presidente do Centro, que em sua fala tributou carinhosas homenagens aos inolvidáveis confrades Emygdio da Graça, fundador da instituição, Lindolpho Antonio e outros antecessores, fazendo ainda ligeiro histórico das atividades, "Sempre voltadas para o estudo, a prática e a difusão do Espiritismo, e de intensa programação assistencial".


"O espiritismo - disse ainda Juvanir Borges de Souza - leva o homem a educar-se sobretudo a educar-se moralmente. Por quê? Porque ao estudar a Doutrina Espírita o homem compreende o significado da sua existência na Terra, onde reencarnou para aprimorar-se na prática do bem."


"E, ao prosseguir os estudos espíritas, logo passa a saber que a morte não existe, nem é o fim. Mais ainda: aprimora-se, buscando superar suas más tendências, seus vícios de comportamento, seus equívocos. Entende melhor os ensinamentos de Jesus e passa a amar a Deus, não por temor, nem por obrigação, mas pelo amor que todo filho sente pelo Pai. Os espíritas têm esta tarefa. Tarefa árdua, mas sublime. Uma tarefa algo semelhante a de abrir picada numa floresta, no meio da maldade e da ignorância que ainda envolvem a humanidade."

E, após outras ajustadas observações , concluiu:
"Não desanimemos. Não! Até mesmo quando as circunstâncias nos parecerem mais graves, mais sombrias. Não esmoreçamos porque nosso Guia é o Governador Espiritual da Terra, Jesus, Nosso Senhor , o Cristo de Deus!"


Como parte do programa da reunião, houve uma exposição das atividades do Centro apresentadas pelas confreiras Cybele da Silva Gomes, Lydia Alba da Silva, Márcia Antonio, Marlene Xavier e Vera Lúcia Claudiana, em nome da Diretoria. Seguiram-se expressivas saudações de representante de diferentes instituições, inclusive do presidente do Centro Espírita Allan Kardec, de Itajubá, MG, confrade Gilson Alves Lima.

SEI - Serviço Espírita de Informações - 06/10/2001     

voltar ao topo   


Centro Espírita Bezerra de Menezes © 1912 - 2004. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Rafael Santos